SBD-GO
NOTÍCIA


31
Dec

SBD DIVULGA NOTA DE REPúDIO SOBRE DECLARAçõES DO MINISTRO DA SAúDE ALEXANDRE PADILHA



A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) repudia as declarações do Ministro da Saúde, Dr. Alexandre Padilha, proferidas no dia 14 de agosto, durante audiência sobre o Programa Mais Médicos. Na ocasião, o ministro afirmou que nossos cursos de medicina estão “desconectados” da realidade do nosso povo, e que o médico que se forma aqui também não sabe tratar hanseníase; quem sabe fazer o diagnóstico são os agentes comunitários de saúde, os técnicos de enfermagem e os enfermeiros.

A SBD opõe-se a essas declarações na condição de segunda maior sociedade de Dermatologia do mundo. Dentre as doenças tratadas pelo dermatologista, inclui-se a hanseníase, sendo este especialista o profissional mais capacitado ao atendimento desta doença. Além disso, o Brasil é destaque mundial em pesquisa sobre a hanseníase, sendo grande parte dos pesquisadores dermatologistas.

A SBD promove periodicamente simpósios sobre hanseníase, através do seu Departamento de Hanseníase, para a educação médica continuada do dermatologista. Neste ano, foram realizados dois simpósios, um no primeiro semestre em Maceió (AL) e outro no final da semana passada em Natal (RN), evento este que concentrou cerca de 100 pessoas, incluindo a maioria dos dermatologistas do estado. Os congressos da especialidade também sempre abordam o tema em simpósios e cursos.

Outra ação que o dermatologista desenvolve é capacitação, por meio de treinamentos, profissionais da saúde (médicos generalistas, enfermeiros, fisioterapeutas e outros profissionais) para atuarem em campo.

A SBD é inclusive parceira do próprio Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Controle da Hanseníase, participando de oficinas, elaboração de cursos e apoio às campanhas contra a hanseníase. Atualmente, apoia a campanha do Ministério da Saúde contra a Hanseníase em escolas, que está sendo desenvolvida pelo programa. A SBD coloca os seus serviços credenciados de dermatologia à disposição para o atendimento às crianças com suspeita de hanseníase ou aquelas que necessitem do diagnóstico ou tratamento de outras dermatoses.

No próximo final de semana a SBD-Regional do Rio Grande de Norte realizará uma campanha em cinco municípios do estado, incluindo Natal. Essa ação mobilizará cerca de 50 dermatologistas voluntários.

No ano passado a SBD realizou uma campanha nacional, com o apoio do MOHAN, Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Hansenologia e Fundação Paulista contra a Hanseníase, em 90 serviços brasileiros, tendo detectado cerca de 400 novos casos de hanseníase.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia, através dos seus dermatologistas, participa ativamente do movimento de eliminação da hanseníase como problema de saúde pública no Brasil. Assim, não faz sentido afirmar que faltam conhecimentos aos médicos para detectar a hanseníase. Os médicos dermatologistas estão altamente preparados para lidar com a doença e os serviços credenciados possuem toda a tecnologia necessária para o diagnóstico final.

É no mínimo repugnante ouvirmos aquelas declarações de um Ministro da Saúde!

A SBD continua firme na luta contra as repetidas ações do atual Governo contra a classe médica e a saúde da população e reforça o pedido a todos os associados a se manifestarem junto a deputados e senadores contra os vetos da Presidente à Lei do Ato Médico que será votada dia 20 de agosto próximo.

 

Denise Steiner – Presidente da SBD

Gabriel Gontijo – Vice-Presidente da SBD



ENTRE EM CONTATO

FALE CONOSCO




(62) 3251-6826


contato@sbdgo.org.br


Av. Portugal, 1052 - St. Marista, Goiânia - GO, 74150-030


2017 - Todos os direitos reservados.